Portal de Notícias Água Preta News

Sabado, 22 de Junho de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Crônicas

Os verdadeiros protagonistas do 7 de Setembro de Teixeira de Freitas, pilares invisíveis que sustentam o desfile da vida de seus filhos e netos

Um dos heróis desse espetáculo era Jadir dos Santos.

Água Preta News
Por Água Preta News
Os verdadeiros protagonistas do 7 de Setembro de Teixeira de Freitas, pilares invisíveis que sustentam o desfile da vida de seus filhos e netos
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Manhã de 7 de Setembro como nenhuma outra em Teixeira de Freitas.

As nuvens carregadas ameaçavam despejar sua chuva sobre a cidade, mas nem mesmo o clima incerto poderia apagar o brilho nos olhos daqueles que se reuniram em nome do patriotismo e do amor. Era o desfile da Independência do Brasil, mas o que realmente independência representa senão o amor e os laços que unem as famílias?

Os olhares se voltavam para a Avenida Marechal Castelo Branco, no centro da cidade, onde o desfile acontecia. Entre as cores vibrantes, as apresentações emocionantes e os uniformes militares, destacavam-se os verdadeiros protagonistas daquela manhã: pais, mães e avós. Eles não estavam lá apenas como espectadores, mas como os pilares invisíveis que sustentam o desfile da vida de seus filhos e netos.

Leia Também:

Um dos heróis desse espetáculo era Jadir dos Santos, um homem que havia trabalhado incansavelmente como carreteiro, mas agora encontrava sua maior realização na dedicação à família. Mesmo aposentado, Jadir não hesitou em enfrentar a chuva para estar ao lado de seu filho Davi, de 13 anos, e de seu neto Miguel, de 12. Davi, pré-adolescente determinado, representava com seus colegas a Escola Municipal Clélia das Graças Figueredo Pinto, unidade de ensino de modelo de Colégio da Polícia Militar, enquanto Miguel, com sua força e determinação, marchava ao lado do tio com a mesma energia, apesar de suas limitações.

Os olhos de Jadir brilhavam de orgulho enquanto segurava o celular, registrando cada passo do filho e do neto. Era um registro não apenas de um desfile, mas de um momento que representava anos de amor, cuidado e carinho compartilhados. Era um registro da força da família.

Não era apenas Jadir. Muitos pais, mães e avós ao longo da avenida seguravam seus celulares, capturando cada instante memorável do desfile. Eles não desviavam o olhar, pois sabiam que aqueles momentos eram preciosos e únicos. E a chuva que caía era diferente, era uma chuva de amor, orgulho e gratidão.

O desfile do 7 de Setembro em Teixeira de Freitas não foi apenas uma celebração da independência do Brasil; foi também uma celebração do amor e do apoio que as famílias dão uns aos outros. Foi um testemunho vivo do verdadeiro espírito da independência: a união e o respeito entre as pessoas. Os valores que essas famílias demonstraram com tanta dedicação vão ecoar por gerações, fortalecendo os laços que os unem.

FONTE/CRÉDITOS: Crônica de Edelvânio Pinheiro
Comentários:
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Responderemos assim que possível