Portal de Notícias Água Preta News

Notícias Geral

"Minha casa caindo e ninguém estende a mão pra mim", diz chorando moradora de Santa Rita

A casa de Dona Lia foi construída em 1992 e toda estrutura é feita em 'adobrão'

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Parte do telhado da casa de uma moradora de Santa Rita do Planalto, município de Itanhém, caiu na manhã do último sábado (18) e, sem recursos para reconstruir sua residência, que está prestes a desabar, ela fez apelo no programa Tribuna do Povo, da Rádio Master FM, pedindo ajuda a quem possa socorrê-la.

A casa de Maria Aparecida Sousa Ferreira, de 42 anos, foi construída em 1992. Toda estrutura é feita em 'adobrão', uma espécie de tijolo fabricado em barro cru, que não oferece a mínima segurança quando a construção sofre a ação do tempo.

As paredes da casa estão todas rachadas, o madeiramento está apodrecido e as telhas são antigas, daquelas chamadas de cumbuca.

"[Estou aqui] pra ver se aparece uma pessoa de um bom coração para me ajudar a reformar o meu barraco; minha casa está caindo e eu não tenho condição nenhuma de mexer nela", explicou a moradora, informando que o nome dela está numa lista de pessoas que a prefeitura prometeu reconstruir as casas. " [Mas] está demorando, hoje um pedaço do teto acabou desabando aqui", reforçou.

Maria chorou durante o áudio enviado ao programa.

"Eu não tenho condições nenhuma de mexer nela, é muito triste chegar nesse ponto, nessa situação, minha casa caindo e ninguém estende a mão pra mim, eu queria que alguém pudesse me ajudar, pelo menos mexer no telhado", finalizou, com a voz embargada.

A reportagem fez contato com a secretária do Desenvolvimento Social, Eliane Araújo, que é a primeira-dama do município, mas ela não retornou a mensagem, que tem todas as informações sobre a situação da casa, inclusive fotos e áudio.

 

FONTE/CRÉDITOS: Por Edelvânio Pinheiro
Comentários:

Veja também

Responderemos assim que possível