Portal de Notícias Água Preta News

Notícias Política

1º Seminário “Renda e Qualidade” é realizado em Itanhém

O evento teve o objetivo de apresentar as regras e os procedimentos para os queijeiros que queiram legalizar sua atividade

1º Seminário “Renda e Qualidade” é realizado em Itanhém
Ascom PMI
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Aconteceu nesta segunda-feira, 16 de junho, o seminário de legalização das queijarias e produtos beneficiados de origem animal de Itanhém. A atividade contou com presença de produtores de queijo, requeijão e outros derivados vindos de todos os distritos e vilas do município. 

O evento, que aconteceu na Casa da Cultura, com grande participação do público, teve o objetivo de indicar as regras e procedimentos para os queijeiros que queiram legalizar sua atividade, bem como apresentar o Selo de Inspeção Municipal (SIM), que viabiliza a comercialização da produção local, nos treze municípios que compõem a microrregião do Extremo Sul baiano.

O encontro foi promovido pelo SEBRAE e prefeitura e contou com a presença do prefeito Mildson Medeiros, do vice, Alex Chaves, do secretário de Agricultura, Josias Caetano e do secretário de Desenvolvimento Econômico, Denilton Porto e equipe, que representaram o Executivo Municipal, além do gerente regional do SEBRAE, Alex Brito, e sua equipe.

O prefeito Mildson Medeiros agradeceu a presença de todos e enalteceu a força de trabalho de Itanhém que, mesmo nas dificuldades, tem dado conta de gerar emprego e renda para a população.

Para o vice-prefeito Alex Chaves “esta é uma atividade importante do município, que gera emprego e renda, e que cabe ao município fortalecer”.

Participaram ainda o vereador e integrante da Comissão SIM de Itanhém, André Correia, o diretor do Departamento de Meio Ambiente, Delzivan Gomes, e equipe, a médica veterinária Thalita Marques, do consórcio CONSTRUIR e o médico veterinário Iam Ribeiro, técnico do SENAR.

Ao final, visitas técnicas foram agendadas para orientação individualizada de cada produtor rural.

 

FONTE/CRÉDITOS: Jan Santos/Ascom PMI
Comentários:

Veja também

Responderemos assim que possível